09 de fevereiro de 2018

Tem um gato na minha sala!

Falando sobre Pet

Como nosso dia-a-dia é corrido optamos por adotar um gato quando a gente mudasse. Comprar não era uma opção, mas a gente queria muito um cinza ou preto. Conhecemos ele um dia após pegar as chaves e ele veio logo após nos mudarmos.

Queríamos que o nome fosse entre os universos que a gente curte e como eu comprei todas as coisas dele vermelhas para combinar com a casa, surgiu um nome que combinava perfeitamente com a gente: Stark. O Ticiano curte Marvel e eu Game of Thrones então fechamos assim.

Foto de 29 de janeiro, logo que ele chegou aqui.

O lado bom de termos arrumado a casa com ele aqui foi que não precisamos adaptar a casa ao gato.  Tudo já foi pensado para ele não arranhar ou tentar estragar. Criamos um espaço para ele, compramos uma caixa de feira (no Pra Casa) e vários brinquedos (que não param muito ali) e um cobertor que ele se apaixonou e vive grudado desde então.

Dentre os brinquedos A vareta com o ratinho é um dos preferidos dele, tanto que já está destruída. Procuramos sempre brincar com ele diariamente para mantê-lo ativo e não deixar que ele engorde.  Umas das coisas que também tentei foi plantar Catnip, mas ele não reagiu a erva e acabei dando para uma amiga (cujos gatos ficaram enlouquecidos com a plantinha).

Stark com nove meses
Stark no último Natal

 

Faz pouco, ele completou um ano com a gente e embora esteja gigante e com mais de 5kg, ele continua pedindo colo, abraço e é sempre companheiro da gente. 🙂

Como é o pet de vocês? Também fica assim grudado?

  • Em 09.02.2018

    Lindo seu Stark! Também queria adotar um gatinho, mas acabei ganhando um cachorro. Amo do mesmo jeito.

    (Amei o favicon do seu blog <3)